sábado, 5 de junho de 2010

Meu namorado é famoso

No mês do Dia dos Namorados , a gente mostra pra você como é a vida de uma garota que namora um cara famoso. Vai vendo...



A maioria das garotas já sonhou em namorar um famoso. O que elas não sabem é que não é tão fácil a vida de namorada desses garotos. Eles têm milhares de fãs (algumas até "dão em cima" deles), agendas apertadas, compromissos durante o fim de semana. Fora isso, elas ainda precisam conciliar estudo, trabalho e família com a agenda do namorado... ufa! Precisa ter muito jogo de cintura pra conseguir manter o relacionamento. Entrevistamos algumas garotas que vivem essa realidade e cada uma tem sua opinião sobre ciúme, fãs e agenda. Mas em um ponto todas são unânimes: é preciso muito companheirismo e confiança de ambas as partes para fazer o namoro dar certo. Descubra como elas conseguem enfrentar todas essas dificuldades e levar o romance pra frente.


Simples assim:

"Nós nos conhecemos em julho de 2008 e começamos a namorar só um ano depois. Como tenho muitos amigos músicos, já estava acostumada com a rotina complicada do Gabriel. Mesmo assim, é difícil lidar com a questão do ciúme. No começo eu sofria mais com isso, mas hoje já lido bem melhor. Eu tenho de ter autoconfiança e, também, confiança nele, senão, fico louca. Já agenda é bem fácil de resolver. Nós passamos bastante tempo juntos.

Como ele trabalha mais de fim de semana, eu aproveito pra visitar meus pais, que moram no interior de São Paulo. Por isso, conseguimos nos ver quase todos os outros dias da semana. E sempre que ele tem shows por perto eu vou vê-lo tocar, pois ele faz questão que eu vá. Só não vou às apresentações que são muito longe, porque não curto ficar muito tempo na van, cheia de garotos (risos!)."
(Steffanie Ventura, namorada do Gah, guitarrista do Fake Number)


O cara:

"Eu conheci o Fernando (Alemão) em 2008, em um programa de rádio em Florianópolis, onde eu moro. Na época, eu até conhecia algumas músicas de pagode, mas não sabia o nome das bandas, dos integrantes, essas coisas. Mas acabamos ficando amigos e, mais ou menos um ano depois, começamos a namorar. Ele é um namorado muito dedicado. Faz questão da minha presença nos shows e me passa bastante confiança. Então, eu não tenho ciúme. Dá pra ver as fãs periguetes, mas essas eu nem considero, porque elas não são fãs de verdade, são oportunistas tentando se dar bem. Mas das fãs verdadeiras eu não tenho ciúme e já até fiquei amiga de algumas. Eu o amo e quero que a carreira dele dê sempre certo.

Por isso, eu quero mais é que ele tenha muitas fãs e sempre que vou ver um show, morro de orgulho! Nós dois temos uma agenda muito apertada, pois eu sou personal trainer e repórter de futebol de uma rádio de Floripa, então, nos fins de semana, ele tem de fazer os shows com a banda e eu cubro jogos de futebol. Mas quando tem um tempo livre, ele vem pra cá, e vice-versa. Ele é o cara da minha vida, então, todo esse esforço vale a pena!"
(Priscila Barbi, namorada do Alemão, percursionista do Jeito Moleque)


Amor incondicional:



"Eu não conhecia ninguém do meio artístico quando fui apresentada ao Cristiano e nem imaginava que ele iria ser famoso. Só depois fiquei sabendo que ele participaria de Malhação ID. Começamos a namorar e ele estava gravando a novela, mas as cenas dele ainda não tinham ido ao ar. Por isso, tive tempo pra me acostumar com a ideia de ele ser ator, ser reconhecido nas ruas, gravar cenas com outras garotas. Então, não tive problemas com o ciúme. Eu percebi que esse é o trabalho dele e eu dou a maior força! Não posso ir ao Projac acompanhar as gravações, pois estudo muito e não tenho tempo. Mas faço questão de assistir na televisão, mesmo.

O mais engraçado é que dificilmente alguma fã o aborda quando estou com ele. Quem mais aponta e pede pra tirar fotos são as crianças. Mas quando não estou perto ele conta que algumas pessoas vêm falar com ele. É legal namorar um ator e viver um pouco desse mundo. Pude até conhecer grande parte do elenco da novela. Mas o carinho que eu sinto por ele não muda em nada. Eu não gosto nem mais, nem menos por ele ser famoso."
(Giulia Perez, namorada do ator Cristiano Sauma, de Malhação ID)


Ciumenta:

"Eu já tinha ido a shows da banda, conhecia o trabalho deles, mas não sabia os nomes de cada um. Quando o conheci, por meio de um amigo em comum dele e do meu irmão, fiquei impressionada, porque nunca imaginei que iria conhecê-lo. Mas, no final das contas, foi tudo normal. Nós conseguimos conciliar bem a nossa agenda, já que, mesmo eu morando no Rio de Janeiro e ele em São Paulo, nós dois trabalhamos durante o fim de semana. Nos vemos durante a semana e ele vem pro Rio. Sempre que dá, eu vou aos shows, pois gosto de acompanhar o trabalho dele.

O meu maior problema é que sou extremamente ciumenta. Por isso, é um pouco difícil lidar com a profissão dele. Não tenho ciúme necessariamente das fãs, mas de outras garotas. No começo brigávamos muito por causa disso. Agora, eu me apoio no que ele me diz e demonstra pra conseguir superar isso. Ainda brigamos, mas também conversamos bastante e eu aprendi a lidar com o problema, e é isso que me dá confiança pra continuar nosso relacionamento."
Ana Flavia Simões, namorada do Felipe, violonista do Jeito Moleque


Namorado disputado:



A produtora de moda Natália Francisco namora o ator e vocalista da banda Hori, Fiuk, há mais de um ano. Quando se conheceram, ele ainda não era famoso. Então, foi um pouco difícil pra ela se acostumar com o sucesso repentino dele. Os dois costumavam fazer tudo juntinhos e, agora, ela precisa lidar com o assédio das fãs e da imprensa, pois é o momento dele. Ela está se acostumando à nova rotina do Fiuk e o apoia em seus projetos. Natália costuma acompanhar as apresentações da banda Hori e, quando está presente, Fiuk só tem olhos pra ela. Garota de sorte!


Quando os dois são famosos:



A atriz e cantora Mariana Rios namora Di Ferrero, vocalista do NX Zero, há mais ou menos um ano. Ela já confessou que, no começo do namoro, achou que a distância iria atrapalhar, mas, no final das contas, deu tudo certo. Mari disse que a distância até ajuda o relacionamento a não cair na rotina. Ela sempre vai aos shows do NX Zero e Di adora. Ele, por sua vez, sempre a procura na plateia. Os dois tentam passar o máximo de tempo juntos, mas nem sempre é possível por causa das agendas dos dois. Mesmo assim, costumam se ver com bastante frequência. Fonte: Atrevida

Um comentário: